Pedro GuimarãesBIO

Pedro Guimarães, nasceu em 1974 em Guimarães, Portugal. Desde tenra idade, que Pedro ficou fascinado pela arte e pelo design, resultando numa exposição aos 16 anos em Braga. O sucesso e o impacto dessa exposição confirmaram a sua carreira como artista profissional e, como resultado, montou o seu estúdio em Guimarães para continuar a sua prática.

Como jovem artista e com o advento da Internet, absorveu toda a iconografia pós-pop que estava a sair dos Estados Unidos; viu o legado dos grandes artistas pop de Nova York, como Andy Warhol e Roy Lichtenstein, as colagens de Robert Rauschenberg e o sedutor mundo consumidor de James Rosenquist.

Foi a próxima geração de artistas pop que continuou a causar uma impressão duradoura no jovem Guimarães. Estes artistas estavam a misturar técnicas de arte urbana e materiais incomuns para criar imagens contemporâneas firmemente enraizadas na apropriação pós-moderna.

Os conhecimentos de Guimarães no design e o seu interesse na “ciência do ver” levaram-no a criar incríveis peças em 3D que são construídas com tiras verticais, para que a imagem colorida mude de perspectiva conforme se caminha de um lado para o outro. Pedro é um mestre destes surpreendentes efeitos ópticos e do uso de materiais alternativos que estão relacionados com o tema como parte do processo artístico.

A reputação de Guimarães cresceu e, em 2005, recebeu o cobiçado prémio ‘Arte Cantábria’ e, em 2014, foi contratado para fazer um retrato da Primeira-Dama portuguesa – Maria Cavaco Silva e foi recebido pela Primeira-Dama e o Presidente de Portugal no Palácio de Belém em reconhecimento à sua obra de arte. Guimarães realizou numerosos retratos de pessoas notáveis ​​e famosas.

Esta exposição altamente antecipada apresentada por Artcatto no Conrad Algarve, verá uma série de peças, incluindo bons exemplos dos retratos ópticos “três em um” de Guimarães. O ponto de vista de múltiplos ângulos permite ao artista criar uma narrativa inteligente dentro da obra. Por exemplo, no “Together” (acrílico sobre MDF e lona), somos apresentados a uma imagem gráfica rica e vívida de uma rapariga bonita, a olhar com uma expressão um tanto intrigante, mas confiante. Quando se move o trabalho para a direita, o espectador vê o retrato de um jovem bonito, e finalmente quando se move para a esquerda, aparece uma imagem de mãos entrelaçadas. Só nos resta interpretar a natureza exata do seu relacionamento, que é claramente baseado numa união ternurenta e amorosa.

Noutros trabalhos, como ‘In My Soul’, ‘Karl’ e ‘Lost On You’, Guimarães constrói a forma e as características do sujeito usando, inicialmente simples tiras brancas de madeira. Que ele coloca uma sobre a outra, em vários ângulos, construindo metodicamente o retrato, que é pintado em vários pontos durante todo o processo de empilhamento. O efeito é notável. A habilidade representativa de Guimarães é inigualável.

Pedro Guimarães é um artista da sua época. Os seus seguidores nas redes sociais refletem a apreciação geral pelo seu trabalho altamente especializado e tecnicamente excelente.

O seu trabalho pode ser encontrado em notáveis coleções particulares ​​em todo o mundo: Nigéria, Suécia, Holanda, EUA, Nova Zelândia, Arábia Saudita, França, Espanha, Porto Rico e Líbano, para citar apenas alguns.

A Artcatto orgulha-se por representar Pedro Guimarães, que está a tornar-se rapidamente um dos artistas portugueses mais ‘irreverentes’ do mundo.

A mostrar todos os 27 resultados

©2021 ArtCatto Designed by Super8

           

Log in with your credentials

Forgot your details?